Educação estadual tem sequência de matérias na TV Globo

O trabalho realizado pela equipe da Atelier de Imagem e Comunicação se reflete nos telejornais do SPTV, da TV Globo. Nos dias 14, 17 e 18 de outubro, a Secretaria da Educação do Estado de S. Paulo, cliente da agência, marcou presença na 1ª e 2ª edição do programa.

Só no dia 14, a SEE foi notícia em duas matérias positivas: convocação de mais de 20 mil professores aprovados no maior concurso de professores da História e a parceria com a Secretaria da Saúde, de jovens com leucemia que tem aulas com professora da rede estadual.

Também positiva, a matéria do dia 17 mostra a visita do cientista brasileiro da Nasa, Ivan Gláucio Paulino, à E.E. Glauber Rocha. Ele conversou com os alunos e entregou medalhas pelo desempenho na Olimpíada de Astronomia. A escola foi a recordista da rede, com 108 medalhas.

Encerrando a sequência, o Ministério Público e a Secretária da Educação criaram concurso musical para alunos com o tema “Combate a violência contra a mulher”. Para conscientizar a população, a E.E. República da Nicarágua recebeu palestra sobre o assunto. A música vencedora do concurso será gravada.

Com a missão de apoiar a elaboração e a implantação da política educacional de São Paulo, a Secretaria possui a maior rede de ensino do país, com cerca de 5 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos, e é referência em todo o país.

Confira a matéria sobre a parceria com o Ministério Público abaixo:

Programa na Educação de São Paulo chama atenção da Folha de S. Paulo

O programa piloto voltado ao perfil emocional dos alunos da Secretária da Educação do Estado de São Paulo mostra seus primeiros resultados e é destaque no jornal Folha de S. Paulo. A Atelier é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação, que possui a maior rede de ensino do Brasil, com 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos.

Viviane Araujo, professora da Escola Estadual Professora Maria Antonietta de Castro, no Jardim Julieta, zona norte da capital, afirma que os docentes estavam acostumados com uma escola em que o professor tem a detenção do discurso e, no programa, é essencial ouvir. Os resultados dessa nova abordagem foram sentidos na primeira aula. “Na primeira aula já aprendi que não pode bater, que eu tenho que ouvir meu colega e respeitar minha vó”, diz o aluno Marcelo Folho, de apenas 8 anos, após uma aula.

Confira:

SEE - Folha de S. Paulo - 16.05.2016

Folha de S. Paulo entrevista secretário da Educação de São Paulo

O secretário de Educação de São Paulo, Herman Voorwald, foi entrevistado pelo jornal Folha de S. Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que possui a maior rede de ensino do país, com 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos.

Voorwald falou à publicação sobre a intenção do Governo de São Paulo de flexibilizar o currículo do ensino médio. Para o secretário, a mudança não trará uma mudança profunda na grade curricular. Com esse plano o aluno poderá priorizar as áreas de seu maior interesse. “A estrutura do ensino médio não vai mudar. Não vou eliminar ou substituir disciplinas, não é esse o conceito.”

Confira a entrevista abaixo:

Herman - Folha

Diversidade em Escola Estadual é tema de reportagem do O Estado de S. Paulo

O jornal O Estado de S. Paulo destacou, em sua recente edição, matéria sobre a diversidade cultural presente em Escola Estadual de São Paulo. A E.E. Marechal Deodoro, no Bom Retiro, mostrou como tem se adaptado para receber os alunos de origem estrangeira e suas famílias.

A diversidade é tão grande que cerca de 55% dos alunos matriculados, entre as turmas do 1º ano ao 5º ano do Ensino Fundamental, ou vieram de outro país ou são filhos de pais que vieram recentemente para o Brasil. A maioria desses alunos estrangeiros é de bolivianos, peruanos e paraguaios, mas ainda há coreanos, argentinos, chilenos e um camaronês.

Para o jornal, a diretora da unidade, Sônia Frazão, disse que uma das principais preocupações do colégio é integrar os alunos, não só na escola, mas na sociedade. “Os pais ficam muito fechados na comunidade que formam aqui no Brasil, só falam a língua natal, comem apenas pratos típicos. E o único lugar de acesso à cultura é a escola.”

Sônia observa que o interesse de alunos e pais estrangeiros também “contamina” os brasileiros e foi este fato que motivou a escola a criar um curso de português aos domingos para adultos. A direção também se encarrega de informar os pais estrangeiros sobre direitos trabalhistas e benefícios. “Nossa função aqui extrapola a parte pedagógica, orientamos toda a família para que todos sejam melhor acolhidos.”

Clique aqui para conferir a matéria na íntegra.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

SEE - Estadao - 29.06.2015

Secretaria da Educação é destaque no Jornal O Estado de São Paulo

As edições desse último final de semana, 6 e 7 de junho, do Jornal O Estado de São Paulo, destacou as melhorias que a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo trará para 2016.

A matéria publicada no sábado, 6 de junho, assinada por Paulo Saldaña, conta sobre o novo modelo que o governo do Estado de São Paulo pretende implantar na educação em 2016. O plano é transformar a maior parte do curso em disciplinas optativas, onde os alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio poderão montar suas grades.

O secretário da Educação de São Paulo, Herman Voorwald, afirmou acreditar no protagonismo dos estudantes. “Se eu quiser desenvolver a capacidade de escolha e de tomada de decisões nos jovens, tenho de permitir que ele opte. Este é o único caminho que tenho para que esse menino diga: ‘estou escolhendo as disciplinas que eu quero, que fazem parte do que eu quero seguir na minha vida’”, disse o secretário.

Já na matéria de domingo, 7 de junho, o mesmo jornalista abordou a melhora que o ensino em escolas de 1º ao 5º ano do ensino fundamental têm registrado nos indicadores de qualidade.

O jornal O Estado de São Paulo visitou três escolas que alcançaram esse indicador. Nelas se destacam comprometimento de professores e a liderança de diretores, além do uso dos materiais oficiais, como o currículo e o acompanhamento.

Confira as matérias na integra clicando aqui e aqui.

A Atelier responde pela Comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
Educacao estado 01

 

EDUCACAO ESTADAO 02