Programa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo ganha amplo espaço no jornal Diário de S. Paulo

A editoria Dia a Dia, do jornal Diário de S. Paulo, dedicou amplo espaço ao Programa Escola da Família, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

Segundo a reportagem, voluntários tem trocado a folga no fim de semana para fazer a diferença, doando seu tempo, mostrando disposição e habilidades para arrancar sorrisos das pessoas.

Atualmente, o programa conta com mais de dez mil voluntários que colaboram nas atividades organizadas pela comunidade escolar e auxiliam no planejamento de ações relacionadas ao esporte, cultura, lazer, saúde e trabalho.

Foram entrevistados o professor Roberto Martins (voluntário na Escola Estadual Pedro Alexandrino, no Tucuruvi), a pedagoga Sidneia Silva (voluntária na Escola Estadual Homero dos Santos, em Paraisópolis) e a analista administrativo Viviane Antunes (voluntária na Escola Estadual Ítalo Betarello, no Jaraguá).

“Estou há 13 anos trabalhando como voluntário e gosto muito. Depois que você ajuda, não quer parar mais. Não tenho obrigação nenhuma de acordar cedo em pleno domingo, mas faço por saber que existem pessoas que terão um dia melhor por causa das atividades. Em 2004, uma menina disse que queria ser como eu. Hoje, ela está se formando em educação física”, disse Martins.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, pasta ligada ao Governo do Estado.

Confira abaixo a matéria na íntegra:

Educacao - Diario de S. Paulo - 28.08.2016

Secretaria da Educação ganha destaque na Veja São Paulo

A revista Veja São Paulo, de 24 de agosto, destacou na coluna Mistérios da Cidade que, das 1145 escolas estaduais da capital paulista, 552 foram batizadas em homenagem a educadores, como Paulo Freire e Anísio Teixeira. Entre outras personalidades que estampam as placas de identificação dos colégios estão: Paulo Machado de Carvalho, Anne Frank, Ayrton Senna, Cacilda Becker, Charles de Gaulle, Gianfrancesco Guarnieri, Henrique de Souza Filho, Luigi Pirandello, Raul Cortez, Samuel Wainer e Zumbi dos Palmares.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, pasta ligada ao Governo do Estado.

Confira abaixo a matéria na íntegra:

Educacao_Veja Sao Paulo_24.08.2016

Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo é tema do jornal O Estado de S. Paulo

A 3ª Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo (FeCEESP), projeto da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo em parceria com a United Way Brasil, é tema da edição de 23 de maio, do caderno Metrópole, do jornal O Estado de S. Paulo.

A Feira tem como objetivo procurar talentos da rede estadual nas áreas de tecnologia, sustentabilidade, empreendedorismo científico, entre outras. O veículo destacou o prêmio conquistado pelo aluno Jonathan Felipe da Silva Santos que, na época em que era interno da Fundação Casa, durante as aulas de Química, desenvolveu um projeto de ciências e descobriu que a sua vida poderia ser diferente. Sob orientação da professora de Química, Andrea Chiarioni, o estudante montou um corretor para a acidez do solo com resíduos de giz de lousa. O projeto ficou entre os seis finalistas de toda a rede estadual de ensino de São Paulo e ele ganhou o prêmio de aluno revelação.

Andrea contou que o projeto surgiu da curiosidade do estudante: “Eu disse que o giz tinha propriedades que poderiam corrigir o solo e ele perguntou se poderíamos tentar (fazer um experimento em sala)”. Hoje, aos 18 anos e fora da Fundação há 3 meses, o estudante voltou a estudar na sua antiga escola estadual em Araçatuba, interior de São Paulo. Está cursando o 2º ano do Ensino Médio e quer cursar Medicina Veterinária. “Antes, o máximo que pensava para mim era terminar a escola e conseguir qualquer emprego. Agora, só penso em continuar estudando, porque vi que é legal”, finaliza Jonathan.

Confira a matéria na íntegra:

Educacao_O Estado de S. Paulo_23.05.2016

Programa na Educação de São Paulo chama atenção da Folha de S. Paulo

O programa piloto voltado ao perfil emocional dos alunos da Secretária da Educação do Estado de São Paulo mostra seus primeiros resultados e é destaque no jornal Folha de S. Paulo. A Atelier é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação, que possui a maior rede de ensino do Brasil, com 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos.

Viviane Araujo, professora da Escola Estadual Professora Maria Antonietta de Castro, no Jardim Julieta, zona norte da capital, afirma que os docentes estavam acostumados com uma escola em que o professor tem a detenção do discurso e, no programa, é essencial ouvir. Os resultados dessa nova abordagem foram sentidos na primeira aula. “Na primeira aula já aprendi que não pode bater, que eu tenho que ouvir meu colega e respeitar minha vó”, diz o aluno Marcelo Folho, de apenas 8 anos, após uma aula.

Confira:

SEE - Folha de S. Paulo - 16.05.2016

‘Aperto’ da Educação estadual contra faltas de alunos tem meia página no Estadão

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo novamente tem uma de suas ações destacadas pela imprensa. Em matéria de meia página, O Estado de S. Paulo detalha “aperto” nas regras sobre o acompanhamento de faltas de alunos nas escolas estaduais. Além disso, será reforçado monitoramento às unidades com mais ausências de estudantes.

A Atelier é a empresa responsável pela Comunicação do órgão estadual, incluindo Assessoria de Imprensa.

Segundo o Estadão, que destaca a aprovação de especialistas à medida, resolução da Pasta aprovada na última semana e publicada no Diário Oficial do Estado obriga as escolas estaduais paulistas a entrar em contato por telefone com os pais dos estudantes quando estes atingirem ausência em 10% das aulas. Antes, este comunicado era feito ao atingir 20%, número próximo ao total de faltas que causa reprovação automática (25%), o que diminuía o tempo hábil para qualquer intervenção.

O texto integral pode ser conferido na imagem abaixo ou clicando aqui.

EstadaoFaltas

Diversidade em Escola Estadual é tema de reportagem do O Estado de S. Paulo

O jornal O Estado de S. Paulo destacou, em sua recente edição, matéria sobre a diversidade cultural presente em Escola Estadual de São Paulo. A E.E. Marechal Deodoro, no Bom Retiro, mostrou como tem se adaptado para receber os alunos de origem estrangeira e suas famílias.

A diversidade é tão grande que cerca de 55% dos alunos matriculados, entre as turmas do 1º ano ao 5º ano do Ensino Fundamental, ou vieram de outro país ou são filhos de pais que vieram recentemente para o Brasil. A maioria desses alunos estrangeiros é de bolivianos, peruanos e paraguaios, mas ainda há coreanos, argentinos, chilenos e um camaronês.

Para o jornal, a diretora da unidade, Sônia Frazão, disse que uma das principais preocupações do colégio é integrar os alunos, não só na escola, mas na sociedade. “Os pais ficam muito fechados na comunidade que formam aqui no Brasil, só falam a língua natal, comem apenas pratos típicos. E o único lugar de acesso à cultura é a escola.”

Sônia observa que o interesse de alunos e pais estrangeiros também “contamina” os brasileiros e foi este fato que motivou a escola a criar um curso de português aos domingos para adultos. A direção também se encarrega de informar os pais estrangeiros sobre direitos trabalhistas e benefícios. “Nossa função aqui extrapola a parte pedagógica, orientamos toda a família para que todos sejam melhor acolhidos.”

Clique aqui para conferir a matéria na íntegra.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

SEE - Estadao - 29.06.2015

Concurso, intercâmbio de alunos e mais procura: Educação de SP na Folha

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo ganhou destaque em três reportagens deste fim de semana no maior jornal do Brasil, Folha de S. Paulo. Crescimento da procura de homens por concurso de professor, envio de alunos para intercâmbio no exterior e migração de estudantes de escolas privadas para estaduais foram os assuntos abordados.

A Atelier de Imagem e Comunicação coordena a área de comunicação e imprensa da Secretaria. A matéria “O Homem da sala” abordou no sábado a expansão de procura de homens para ensinar turmas até o 5º ano do ensino fundamental, dominado tradicionalmente por mulheres.

Em “Alunos da rede pública saem pela primeira vez do Brasil”, programa da Secretaria que enviou 219 adolescentes para a Europa teve também amplo espaço. Por fim, no domingo, a alta de 25% de procura de alunos da rede privada pela rede estadual foi o tema de “Sobe número de alunos que mudam para escola pública”.

Educacao SP - CAPA

Materia Folha - SEE

Materia SEE - Domingo

Educação estadual de SP no Jornal Nacional: pais participam mais da vida escolar de filhos

Principal telejornal do Brasil, o Jornal Nacional, da Rede Globo, exibiu na noite de 10 de novembro reportagem sobre pesquisa da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, que tem sua área de Comunicação coordenada pela Atelier. Segundo o estudo da Pasta, somente 4,4% dos pais não demonstram interesse pela vida escolar dos filhos.

A reportagem ainda abordou pesquisa da organização não-governamental Todos pela Educação, que segue os números da Secretaria, indicando crescimento da participação de pais no dia a dia de escolas.

Sônia dos Santos, vice-diretora de escola estadual, foi entrevista. “São esses alunos, que os pais não participam muito, que têm notas mais baixas”, relata.

Confira a reportagem na íntegra aqui.

TV Globo mostra trabalho de professores da rede estadual de SP em hospitais

O projeto Classe Hospitalar, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, foi apresentado em matéria do Jornal Nacional, da TV Globo. Por meio deste projeto, hospitais públicos recebem profissionais da rede para ensinar crianças e adolescentes que encontram-se internados. A Atelier é responsável pela Assessoria de Comunicação e Imprensa da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

A matéria contou como funciona o projeto, em mais de 60 hospitais públicos paulistas. E abordou a história da professora Andrea Alves de Oliveira, que ficou muito próxima da aluna Monique, de 8 anos, quando a menina esteve internada para o tratamento de um câncer.

“A Monique ficou três meses na UTI. Quando saiu, a médica me chamou porque ela queria pegar o caderno e continuar as lições”, relata com emoção a professora. Para a reportagem, Monique contou que, quando crescer, quer ser professora.

Confira a matéria clicando aqui.

educacaoredeglobo

Diário de S. Paulo ressalta programa de valorização de professores em SP

O jornal Diário de S. Paulo tratou em seu editorial do último sábado, 5 de julho, sobre o programa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo que valoriza o trabalho de professores. Ao longo da carreira acadêmica, os profissionais que atualizarem seus currículos (com pós-graduação, mestrado, doutorado ou extensão universitária), participarem de cursos de aprimoramento ou realizarem projetos para melhorias na educação poderão aumentar em até 5% o valor salarial.

Segundo o jornal, “o segredo desse modelo de remuneração está no comprometimento. Para aspirar melhor salário, o professor vai ter que se empenhar, melhorando sua preparação, aumentando seu repertório de conhecimento”. “É bom saber que a política da meritocracia, tão eficazmente sedimentada na iniciativa privada, começa  a tomar corpo no funcionalismo”, comenta.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo tem sua Comunicação coordenada pela Atelier.

Diário de S. Paulo