Revista Isto É destaca documentário sobre Eduardo Coutinho lançado pelo Selo Sesc

Dirigido por Carlos Nader e lançado em DVD pelo Selo Sesc, o documentário “Eduardo Coutinho, 7 de Outubro” é destaque na revista Isto É. Na obra, com duração de 73 minutos, o documentarista Eduardo Coutinho é colocado diante das câmeras e expõe a sua metodologia de trabalho enquanto comenta cenas de suas principais obras.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc, braço do Sesc São Paulo. Com o novo lançamento, o Selo Sesc amplia seu rico acervo de obras representativas do que há de melhor na área cultural brasileira.

Isto E  15.04.15_zoom

Lançamento do Selo Sesc tem meia página no Estadão

O lançamento do DVD “Eduardo Coutinho, 7 de Outubro”, produzido pelo Selo Sesc, é tema de reportagem no jornal O Estado de S. Paulo de 25 de março.  A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc. Em meia página do Caderno 2, o jornal aborda os bastidores e a origem do documentário que homenageia Eduardo Coutinho, morto em 2014.

A matéria traz também entrevistas com o diretor da obra, Carlos Nader, e João Moreira Salles, amigo de Coutinho.

O lançamento do DVD também foi destaque no jornal Valor Econômico, em suas versões impressa e online, no programa Domingão do Faustão, da TV Globo, e nos sites Rolling Stone, Brasileiros, Glamurama, entre outros.

Confira a matéria online na íntegra aqui 

O Estado de S. Paulo_25.03.2015

“Brado Retumbante” ganha resenha de meia página no jornal O Estado de S. Paulo

A série de livros “Brado Retumbante”, do jornalista e escritor Paulo Markun, ganhou ampla resenha no Caderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo. Em texto de meia página, o jornalista Luiz Zanin Oricchio destaca a construção de um dos períodos mais sórdidos da história do Brasil.

Segundo Oricchio, os dois volumes apresentam uma narrativa “encorpada” e que “preenche lacunas de memória”.

O livro “Na Lei ou na Marra – 1964-1968” cobre desde o Golpe de 1964 à decretação do Ato Institucional nº 5 (AI5) em 1968. Enquanto “Farol Alto Sobre as Diretas 1968 – 1984”, conta a tirania instalada no final de 1968 até o maior movimento de massas em prol da democracia e que acelerou o fim da ditadura no Brasil.

O lançamento dos volumes de “Brado Retumbante” também foi destaque na mídia de Porto Alegre, onde Paulo Markun fez noite de autógrafos no último dia 01 de dezembro, no Centro Municipal de Cultura, na capital gaúcha. Os veículos Zero Hora, Jornal do Comércio, Correio do Povo, entre outros noticiaram o evento.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa de Paulo Markun.

O Estado de S. Paulo_06.12.14

Lançamento de livros de Paulo Markun ganha espaço na mídia mineira

O lançamento da série de livros “Brado Retumbante”, do jornalista e escritor Paulo Markun, ganhou as páginas de alguns dos principais veículos de Minas Gerais. Em função da noite de autógrafos realizada no dia 29 de outubro em Belo Horizonte, os jornais Estado de Minas e Hoje em Dia noticiaram a apresentação dos dois volumes: Na Lei ou na Marra – 1964-1968 e Farol alto sobre as Diretas – 1969-1984. “Brado retumbante” também conquistou espaço nos sites Uai, O Tempo, Sou BH e BH Eventos.

Em sua nova obra, Paulo Markun reuniu mais de 70 entrevistas com personalidades que marcaram a redemocratização brasileira, compondo um abrangente painel da história política recente do País. O próximo lançamento será realizado no dia 03 de novembro, na Saraiva do Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro, às 19h.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa de Paulo Markun.

Estado de Minas - 29.10.2014

Guia Folha exalta CD Encontro, mais um lançamento do Selo Sesc

O Guia Folha, publicação mensal do jornal Folha de S. Paulo que destaca os melhores lançamentos de livros, CDs e filmes, traz reportagem de página inteira sobre o lançamento do CD Encontro, uma parceria do bandoneonista argentino Rodolfo Mederos e do pianista brasileiro Marcelo Ghelfi. O álbum, que recebeu avaliação “ótimo” pelo Guia, foi produzido e gravado pelo Selo Sesc, braço do Sesc São Paulo.

O texto do jornalista Alexandre Agabiti Fernandez exalta a qualidade das músicas escolhidas pelos artistas e informa ser difícil destacar apenas uma faixa do CD, tamanha homogeneidade das interpretações e dos arranjos da dupla. Sucessos como “Qui nem jiló”, de Luiz Gonzaga; “Escorregando”, de Ernesto Nazareth e “El Choclo”, Por uma Cabeza”, de Piazzolla, fazem parte do disco.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Guia Folha - Selo Sesc - 26.07.2014