Revista Veja São Paulo ressalta reabertura da Igreja da Ordem Terceira e suas relíquias barrocas

A revista Veja São Paulo publicou na edição de 18 de junho a reabertura da Igreja da Ordem Terceira, no centro da cidade de São Paulo, após cinco anos de restauro. Inaugurada em 1788, ela conta com um acervo de valiosas obras barrocas, como pinturas de dos séculos XVIII e XIX.

Outra relíquia que a igreja guarda é um livro de óbitos que permite pesquisas sobre a genealogia dos paulistanos que financiaram a construção e familiares de bandeirantes. A reportagem traz uma entrevista com Percival Tirapelli, professor de História da Arte da Unesp, que enfatiza a importância da igreja para São Paulo. “Trata-se de um lugar sagrado não apenas para os cristãos, mas para a história política e arquitetônica brasileira”, comentou o professor.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria do Instituto de Cultura Democrática.

veja_sao_paulo_18.06.14