Álbuns lançados pelo Selo Sesc ganham amplo espaço no jornal Folha de S. Paulo

O novo projeto da Banda Mantiqueira, Com Alma, lançado pelo Selo Sesc, ganhou destaque no Caderno Ilustrada, do jornal Folha de S. Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

 

A jornalista Amanda Nogueira destaca que a Banda Mantiqueira celebra 25 anos de carreira com o novo álbum Com Alma e uma série de shows. O projeto mescla em seu trabalho sonoridade peculiar que aproxima a música brasileira do jazz norte-americano e da música erudita europeia. Nailor “Proveta” Azevedo, um dos fundadores da banda, afirma que o grupo sentiu necessidade de ratificar no CD a história da banda. Seu repertório navega com a mesma naturalidade em composições como Segura Ele (Pixinguinha e Benedito Lacerda), Desafinado (Tom Jobim e Newton Mendonça), Stanats (Moacir Santos) e De Frente Pro Crime (João Bosco e Aldir Blanc). 

 

Já o crítico Sidney Molina classifica o álbum Portrait, do compositor Maury Buchala, também lançado pelo Selo Sesc, como ótimo. Sidney destaca que o disco foi gravado em Paris e traz quatro faixas altamente elaboradas, de escrita artesanal impecável e sonoridade reluzente: “Eindrücke (violoncelo), “Tre Espressioni (trio de cordas), “Partita” (piano, trio de cordas e flautim, que alterna com flauta baixo) e “Concerto (violino solo e grupo instrumental).

 

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

 

Confira as matérias abaixo:

Selo Sesc - Folha de S. Paulo - 19.01.2017

Secretário da Educação tem artigo publicado na Folha

O secretário da Educação do Estado de São Paulo, José Renato Nalini, tem artigo publicado na Folha de S. Paulo, maior jornal do Brasil, neste 5 de janeiro, em trabalho da equipe da Atelier na Secretaria.

A agência atua na Assessoria de Comunicação e Imprensa da Pasta, a maior do Governo do Estado.

O secretário Nalini aborda em seu texto a importância de participação da sociedade para que o Brasil supere os tempos difíceis atuais. “Convívio ressentido, fissurado e vulnerável, sequioso por regeneração dos tecidos fragmentados, cuja recuperação pode começar em nossa casa. É o que se espera daqueles cuja consciência impõe reação consistente a um estado de coisas que não pode perdurar”, escreve o secretário, doutor em direito constitucional pela USP e ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Clique aqui e confira o artigo.

Educacao_Folha de S. Paulo_05.01.2017

Verocai lança projeto pelo Selo Sesc e é destaque no O Estado de S. Paulo

O novo projeto do Maestro Arthur Verocai, No Voo do Urubu, lançado pelo Selo Sesc, ganhou página inteira no jornal O Estado de S. Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

O álbum O Voo do Urubu conta com a participação de Seu Jorge, Danilo Caymmi, Lu Oliveira, Vinícius Cantuária, Mano Brown e Criolo e é o primeiro de estúdio nos últimos oito anos.

Segundo o Estadão, a formação do grupo escolhido pelo maestro para o disco é um deleite raro. “Os arranjos ‘gordos’ de Verocai soam por fora da onda de concepções secas e contidas que ditam as regras da música brasileira. O jornal enfatiza que, ao ter Criolo e Mano Brown no mesmo disco, O Voo do Urubu anula um separatismo que os fãs do rap criaram e une, com Seu Jorge, três faces de uma mesma moeda.

O lançamento do disco será nos dia 16 e 17 de dezembro, no Sesc Pinheiros. Responsável pela divulgação do evento, o trabalho da equipe da Atelier fez com que o show fosse recomendado pela Coluna da Mônica Bergamo e o Guia da Folha, ambos do jornal Folha de S. Paulo, e pelo Divirta-se, do Estadão.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira as matérias abaixo:

C1

C3

Folha_de_SPaulo16_de_Dezembro_de_2016Guia_da_Folhapag39

Folha_de_SPaulo16_de_Dezembro_de_2016Guia_da_Folhapag40

Folha_de_SPaulo16_de_Dezembro_de_2016Ilustradapag2

GUIA48

Folha de S. Paulo informa sobre novo chamado da Embrapii

O jornal Folha de S. Paulo, em sua sessão Mercado Aberto, destacou a próxima chamada da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e entrevista o diretor-presidente da instituição, Jorge Almeida Guimarães. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da Embrapii.

Segundo a publicação, desde 2014, foram destinados R$ 300 milhões de um total de R$ 1,5 bilhão para parcerias com laboratórios de pesquisa. “A próxima chamada foi aprovada pelo conselho. Resta apenas definir quais setores serão priorizados”, informou ao jornal o diretor-presidente, Jorge Almeida Guimarães.

Ainda segundo o jornal, nesta sexta-feira (20), a empresa assina uma parceria com a Escola Politécnica da USP, onde serão investidos R$ 30 milhões em projetos de construção civil, em um prazo de seis anos.

A Embrapii foi criada em 2013 com o objetivo de se tornar um meio entre o setor produtivo e os centros de conhecimento e diminuir o risco das empresas dispostas a investir em inovação. Primeiro, são feitas chamadas públicas de qualificação para grupos de cientistas que atuam em universidades e centros de pesquisa, públicos ou privados. Os grupos aprovados tornam-se unidades da Embrapii.

Confira a matéria abaixo, ou clique aqui para ver ler no site da Folha de S. Paulo.

Embrapii - Folha de S. Paulo - 26.08.2016

Folha publica artigo do secretário da Educação

O jornal Folha de S. Paulo publicou em destaque, na seção de Tendências e Debates, o artigo Um Plano Democrático, de José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de comunicação da pasta ligada ao Governo do Estado.

Em seu artigo, Nalini fala sobre o Plano Estadual de Educação, que foi aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo governador Geraldo Alckmin. Segundo a publicação, o plano decorre da obrigação legal de planejar a educação pública em São Paulo, a partir das diretrizes do Plano Nacional. “A produção envolveu uma comunidade de educadores, entidades e organismos. Foram realizadas sete audiências públicas, nas quais todos puderam fazer sugestões.”

Com a missão de apoiar a elaboração e a implantação da política educacional de São Paulo, a Secretaria possui a maior rede de ensino do país, com  cerca de 5 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos, e é referência em todo o país.

Confira o artigo completo abaixo, ou clicando aqui.

Artigo do secretário José Renato Nalini, na Folha de S. Paulo
Artigo do secretário José Renato Nalini, na Folha de S. Paulo

Selo Sesc no Guia da Folha e no Divirta-se

O Selo Sesc está lançando o disco “Ascensão”, álbum póstumo inédito de Serena Assumpção, filha de Itamar Assumpção. Para comemorar o novo CD no catálogo, o Selo Sesc fará o show de lançamento no Sesc Pompeia nos dias 07 e 08 de julho. A Atelier foi a responsável pela divulgação, tanto do CD quanto do show, e não deu outra! O Guia da Folha, do jornal Folha de S. Paulo, e Divirta-se, do O Estado de S. Paulo, além da versão online da Veja São Paulo estampam em suas páginas a apresentação da cantora.

Segundo a publicação do Estadão, Serena Assumpção trabalhou no álbum “Ascenção” nos últimos cinco anos de sua vida, que foi gravado em abril do ano passado.”Com a morte de Serena, em março deste ano, seus amigos se encarregam de levar o trabalho ao palco.”, afirma o Estadão. Já a Folha diz que o disco conta com a participação de mais de 50 músicos, com cada faixa saudando um orixá. “Nomes como Karina Buhr, Tulipa Ruiz, Céu, Banda Tono e Analis Assumpção se reúnem para homenagear a cantora.” A Veja São Paulo completa dizendo que os artistas que gravaram as músicas dos álbum estarão no show. “Cada um cantará a sua faixa, acompanhados pela Banda Tono”.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio” , além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier, que é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Confira as matérias:

Selo Sesc - Divirta-se - 01.07.2016

Selo Sesc - Guia da Folha - 01.07.2016

Programa na Educação de São Paulo chama atenção da Folha de S. Paulo

O programa piloto voltado ao perfil emocional dos alunos da Secretária da Educação do Estado de São Paulo mostra seus primeiros resultados e é destaque no jornal Folha de S. Paulo. A Atelier é responsável pela assessoria de comunicação da Secretaria da Educação, que possui a maior rede de ensino do Brasil, com 5,3 mil escolas, 230 mil professores, 59 mil servidores e mais de quatro milhões de alunos.

Viviane Araujo, professora da Escola Estadual Professora Maria Antonietta de Castro, no Jardim Julieta, zona norte da capital, afirma que os docentes estavam acostumados com uma escola em que o professor tem a detenção do discurso e, no programa, é essencial ouvir. Os resultados dessa nova abordagem foram sentidos na primeira aula. “Na primeira aula já aprendi que não pode bater, que eu tenho que ouvir meu colega e respeitar minha vó”, diz o aluno Marcelo Folho, de apenas 8 anos, após uma aula.

Confira:

SEE - Folha de S. Paulo - 16.05.2016

Na Folha e no Estadão no mesmo dia: MPB4 lança CD pelo Selo Sesc

Para comemorar os seus marcantes 50 anos de trajetória, o grupo MPB4 lança pelo Selo Sesc um álbum de músicas inéditas e ganha as páginas dos principais jornais do Brasil. Os músicos foram capa do Caderno 2, do jornal O Estado de S. Paulo, além de estar presente na Ilustrada, da Folha de S. Paulo, e em seus respectivos guias. Assim como Francis Hime, com Navega Ilumina, a Atelier foi responsável por divulgar o disco que comemora os 50 anos de carreira do grupo MPB4.

Em entrevista ao Estadão, os músicos falaram do processo de seleção das músicas do novo trabalho. “O MPB4 tem uma preocupação grande com o que vai dizer. Desde o começo, aquelas músicas que não falavam aos nossos corações e às nossas mentes, já rejeitávamos. O que nos norteou foi qualidade de letra, beleza harmônica e brasilidade”, afirmou Dalmo, integrante do MPB4.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Lançou em 2016 o DVD “O Fim do Mundo, Enfim” (sobre histórico encontro punk na década de 1980), “Donato Elétrico” (João Donato), “Rei Vadio” (homenagem de Romulo Fróes a Nelson Cavaquinho), “Portrait” (Maury Buchala) e “Diálogos Interiores”, (Dimos Goudaroulis e Eduardo Contrera).

Confira:

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 13.05.2016 - C1

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 13.05.2016 - C5

Selo Sesc - Folha de S. Paulo - 13.05.2016

Folha recomenda o disco “Rei Vadio”, do Selo Sesc

O jornal Folha de S. Paulo trouxe no caderno Ilustrada amplo texto sobre o lançamento do Selo Sesc, Rei Vadio, de Romulo Fróes, em tributo a Nelson Cavaquinho. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Fróes falou sobre o processo de criação do CD e da sua visão da obra de Cavaquinho. Segundo o músico, “é um disco de samba, mas não como acham que o samba tem de ser, e sim a partir das minhas experiências”.

Já o jornal afirmou que “se o compositor mangueirense fazia o que queria ‘como vender sambas e passar dias na rua bebendo’, não teria sentido para Fróes, ao gravar um CD apenas com canções de Nelson, realizar um tributo bem comportado, destoando da carreira que vem desenvolvendo”.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Lançou em 2015 o documentário “Eduardo Coutinho, 7 de Outubro”, dirigido por Carlos Nader, e o DVD triplo “Os Náufragos do Louca Esperança”, da diretora francesa Ariane Mnouchkine.

Confira abaixo a matéria:

Folha de S. Paulo

Novo projeto de Paulo Markun é amplamente divulgado

O jornalista Paulo Markun está iniciando seu novo projeto na TV Brasil, o programa Palavras Cruzadas. A equipe da Atelier de Imagem e Comunicação, responsável pela assessoria de imprensa do jornalista, divulgou a estreia do programa. Não deu outra! Markun foi notícia nos jornais Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo, além de portais como UOL, BOL e Imprensa.

Segundo a nota da colunista Cristina Padiglione, do Estadão, a TV Brasil terá seu próprio Roda Viva, tradicional programa de entrevistas da TV Cultura. O Palavras Cruzadas traz no papel do mediador justamente um ex-âncora do Roda Viva, Paulo Markun. A Folha de S. Paulo divulgou fotos de Markun à frente do programa.

Jornalista profissional desde 1971, Paulo Markun já foi repórter, editor, comentarista, chefe de reportagem e até mesmo diretor de redação em emissoras de televisão, jornais e revistas. Por dez anos, apresentou o programa Roda Viva da TV Cultura, entrevistando mais de 500 personalidades.

Confira abaixo a nota do Estadão:

Estadao