Setembro começa com três CDs do Selo Sesc em destaque na imprensa

A primeira semana de setembro começa com três CDs produzidos pelo Selo Sesc em destaque na imprensa: Lambendo a Colher, de Rolando Boldrin; A Saga da Travessia, da Orkestra Rumpilezz e Novos Mares, da Fortuna. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Uma das matérias foi publicada na Revista Carta Capital, do dia 7 de setembro. As três páginas da ampla reportagem abordam o lançamento do CD de Rolando Boldrin “Lambendo a Colher” e traz um resumo da carreira, contando alguns “causos” da vida do artista. O texto aborda fatos desde da infância e início de trajetória de Boldrin, até os dias atuais, prestes a completar 80 anos. Rolando fala sobre sua estreia na dupla Boy e Formiga até o dia em que, após um almoço em família, quando saboreava um doce de leite, bateu uma forte lembrança da mãe. Ela fazia diversos quitutes para os filhos e foi este o fato que o motivou a lançar o CD “Lambendo a Colher”.

Já o jornalista Tárik de Souza, escreveu uma bela crítica sobre o CD “A Saga da Travessia”, da Orkestra Rumpilezz nesta mesma edição da revista. Tárik elogia o disco e sua mistura de sopros e percussão na requintada sintaxe afro presente nas faixas do CD. Este mesmo álbum também recebeu extensa critica positiva pelo jornal Estado de Minas, publicado no dia 4, em suas versões impressa e digital. O disco, lançado em comemoração aos dez anos de existência da orquestra baiana, do maestro e músico Letieres Leite, conta com oito faixas e, como a própria reportagem diz, traz: “um misto de densidade e fluência raro em trabalhos conceituais desse nível”.

O programa CBN Noite Total, comandado pela jornalista Tania Morales, levou ao ar no dia 02 de setembro, a entrevista com a cantora Fortuna, que falou sobre o lançamento do CD “Novos Mares”. Durante 16 minutos, além de contar um pouco de sua história, Fortuna falou sobre como foi desenvolver o disco e as origens das faixas, que são cantadas em francês, árabe e hebraico. O lançamento de “Novos Mares” também foi notícia na Rádio Cultura, Correio Popular, Jornal GGN, entre outros.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico” (de João Donato), “Rei Vadio” (Romulo Fróes) e “Portrait” (Maury Buchala), “Lambendo a Colher” (Rolando Boldrin) e “Ascensão” (Serena Assumpção), além dos DVDs ”O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”.

Confira abaixo a matéria na íntegra:

Selo Sesc_Carta Capital_07.09.2016 (Capa)

Selo Sesc_Carta Capital_07.09.2016 (Pg. 48)

Selo Sesc_Carta Capital_07.09.2016 (Pg. 49)

Selo Sesc_Carta Capital_07.09.2016 (Pg. 50)

Novo CD do Selo Sesc é recomendado pela Veja, Estado de Minas e Correio Braziliense

Lançamento do Selo Sesc, Donato Elétrico, CD inédito de João Donato, é recomendado pela revista Veja e está na capa do caderno Cultura do jornal Estado de Minas, e do caderno Arte & Cultura do Correio Braziliense. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Segundo a Veja, João Donato se reuniu com um grupo de músicos de São Paulo para recriar Quem É Quem, de 1973. A ideia foi tão certeira que Donato se animou a gravar um novo álbum, Donato Életrico, lançado pelo Selo Sesc.

O jornal Estado de Minas entrevistou o músico e afirmou: “Desta vez, Donato não tocou piano, apenas teclados – rhodes, farfisa e moog, entre outros. O que não significa que, somado ao fato de seus parceiros terem menos da metade da sua idade, o artista tenha radicalizado no som. Ao contrário, o balanço característico está lá, e as composições têm aquele molho cujo sabor fica entre Brasil e Caribe”.

Ao jornal Correio Braziliense, Donato explicou a criação do CD. “Eu vou para o estúdio e, na maioria das vezes, crio os temas ali na hora.”

O programa Metrópolis, da TV Cultura, o musico falou sobre o processo criativo do álbum que é totalmente novo mas, feito à moda antiga. Confira a matéria na integra.

Em atividade há 12 anos, o Selo Sesc busca registrar o que de melhor é produzido na área cultural, construindo um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema.

Confira as matérias abaixo:

O Estado de S. Paulo e Estado de Minas recomendam a série Arquiteturas

A série Arquiteturas, dirigida pelo jornalista Paulo Markun em parceria com o cineasta Sergio Roizenblit, e transmitida pelo SescTV, foi recomendada pelas colunas Sem Intervalo, do jornal O Estado de S. Paulo, e Antena, do Estado de Minas. A Atelier é responsável pela assessoria de impressa do SescTV.

Os veículos informaram sobre o segundo episódio do programa, gravado no Mercado Central de Belo Horizonte, que leva o telespectador em um passeio pelas cores e sabores do mercado, inaugurado em 1929.

A série Arquiteturas foi criada em 2013 por Revanche Produções e Miração Filmes, realizada pelo SescTV, para fomentar uma cultura de conhecimento arquitetônico entre a população.

Arquiteturas - 01

Arquiteturas - 02

Sebastião Biano ganha página no Estado de Minas

O primeiro CD solo de Sebastião Biano, fundador e último remanescente da formação original da Banda dos Pífanos de Caruaru, ganhou capa do caderno de cultura do jornal Estado de Minas.

O CD intitulado “Sebastião Biano e seu Terno Esquenta Muié”, lançado pelo Selo Sesc, registra exclusivamente composições do artista além de regravações de músicas importantes de sua trajetória. Ao jornal mineiro, Biano contou sua carreira na música, principalmente sendo conhecido como “Mestre dos Pífanos”.

Em atividade há 11 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Todos divulgados junto a mídia pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira a matéria abaixo.

Sebastião Biano no jornal Estado de Minas
Sebastião Biano no jornal Estado de Minas

Lançamento de livros de Paulo Markun ganha espaço na mídia mineira

O lançamento da série de livros “Brado Retumbante”, do jornalista e escritor Paulo Markun, ganhou as páginas de alguns dos principais veículos de Minas Gerais. Em função da noite de autógrafos realizada no dia 29 de outubro em Belo Horizonte, os jornais Estado de Minas e Hoje em Dia noticiaram a apresentação dos dois volumes: Na Lei ou na Marra – 1964-1968 e Farol alto sobre as Diretas – 1969-1984. “Brado retumbante” também conquistou espaço nos sites Uai, O Tempo, Sou BH e BH Eventos.

Em sua nova obra, Paulo Markun reuniu mais de 70 entrevistas com personalidades que marcaram a redemocratização brasileira, compondo um abrangente painel da história política recente do País. O próximo lançamento será realizado no dia 03 de novembro, na Saraiva do Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro, às 19h.

A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa de Paulo Markun.

Estado de Minas - 29.10.2014