Lançamento de Arthur Verocai, pelo Selo Sesc, ganha destaque na revista VEJA

Lançado em dezembro pelo Selo Sesc, o projeto No Voo do Urubu, do Maestro Arthur Verocai, ganhou destaque na revista VEJA desta semana, 18 de janeiro. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Segundo a revista VEJA, o disco de estreia de Arthur Verocai foi lançado em 1972 e quase ignorado. Foi redescoberto apenas três décadas depois por rappers americanos que samplearam trechos de suas composições. Seu sucesso tardio culminou com elogiadas apresentações nos Estados Unidos. No Voo do Urubu tem o mesmo sentimento do trabalho de 1972, com uma orquestração primorosa e participações especiais de Seu Jorge, Danilo Caymmi, Lu Oliveira, Vinícius Cantuária, Mano Brown e do rapper Criolo, além de ser o primeiro álbum de estúdio nos últimos oito anos.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira a matéria abaixo:

VEJA

Verocai lança projeto pelo Selo Sesc e é destaque no O Estado de S. Paulo

O novo projeto do Maestro Arthur Verocai, No Voo do Urubu, lançado pelo Selo Sesc, ganhou página inteira no jornal O Estado de S. Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

O álbum O Voo do Urubu conta com a participação de Seu Jorge, Danilo Caymmi, Lu Oliveira, Vinícius Cantuária, Mano Brown e Criolo e é o primeiro de estúdio nos últimos oito anos.

Segundo o Estadão, a formação do grupo escolhido pelo maestro para o disco é um deleite raro. “Os arranjos ‘gordos’ de Verocai soam por fora da onda de concepções secas e contidas que ditam as regras da música brasileira. O jornal enfatiza que, ao ter Criolo e Mano Brown no mesmo disco, O Voo do Urubu anula um separatismo que os fãs do rap criaram e une, com Seu Jorge, três faces de uma mesma moeda.

O lançamento do disco será nos dia 16 e 17 de dezembro, no Sesc Pinheiros. Responsável pela divulgação do evento, o trabalho da equipe da Atelier fez com que o show fosse recomendado pela Coluna da Mônica Bergamo e o Guia da Folha, ambos do jornal Folha de S. Paulo, e pelo Divirta-se, do Estadão.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira as matérias abaixo:

C1

C3

Folha_de_SPaulo16_de_Dezembro_de_2016Guia_da_Folhapag39

Folha_de_SPaulo16_de_Dezembro_de_2016Guia_da_Folhapag40

Folha_de_SPaulo16_de_Dezembro_de_2016Ilustradapag2

GUIA48