Vídeos nos parques estaduais de SP

A Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo é responsável por coordenar e supervisionar a Política Estadual do Meio Ambiente. Para isso, analisa e acompanha as políticas públicas setoriais e coordena os planos e ações relacionados à área ambiental como o controle, normatização, regularização, proteção e recuperação dos recursos naturais. É um órgão grande, composto por coordenadorias, institutos, fundações, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e Polícia Militar Ambiental.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento ajuda, por meio de apoio financeiro, a educação e a infraestrutura aos países que trabalham para reduzir a pobreza e a desigualdade. Paralelamente, atuam na igualdade de gênero, mudanças climáticas e sustentabilidade do meio ambiente.

E foi com a junção desses dois órgãos que, a Atelier de Imagem e Comunicação produziu 7 vídeos sobre as melhorias e diferenciais dos seis parques estaduais inseridos na Mata Atlântica: Intervales, Caverna do Diabo, Ilha do Cardoso, Carlos Botelho, Ilhabela e Petar, além de um vídeo institucional. A ideia do projeto é consolidar o turismo sustentável nessas áreas, sendo um trabalho que alie turismo à preservação da natureza, contribuindo também para o desenvolvimento econômico para a população local em torno dos parques.

 

Produção e Edição de Videos

 

 

Institucional – Com o intuito de consolidar o turismo sustentável aliado a preservação da natureza e contribuir para o desenvolvimento econômico, os seis parques beneficiados aparecem no vídeo institucional. As reformas foram focadas na revitalização e na construção de infraestrutura turística, sendo instalados exposições temáticas e algumas obras específicas como a reforma de estradas que levam a área verde.

Para melhorar a administração, foram ministrados cursos para os funcionários da secretaria de estado do meio ambiente e da fundação florestal, e os gestores dos parques receberam aulas de capacitação em turismo de aventura e gestão de segurança. Todo o investimento foi articulado pensando na relação da comunidade com a natureza.

Cursos de agroecologia, artesanato, gestão de negócios e capacitação para a população local também foram ministrados.

Saiba mais sobre a Produção de Áudio e Vídeo

 

Parque Estadual Carlos Botelho –  Situado entre o Vale do Ribeira e o Alto do Paranapanema, o Parque Estadual Carlos Botelho possui 38 mil hectares de área verde. É casa dos Muriqui, a espécie de primata ameaçada de extinção e considerado o maior da américa latina, nativo da Mata Amazônica. No vídeo produzido pela Atelier, é mostrado toda a estrutura, do museu ao auditório. Mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, o acesso pode ser feito de carro, a pé ou de bicicleta. Possui trilhas de nível baixo ou médio, além de cachoeiras. Uma das trilhas mais famosas é a da figueira, com duração de 1 hora, levando para a árvore centenária. A Trilha da Bromélia possui acesso à portadores de deficiências especiais. Fica a 180 km de São Paulo e o acesso pode ser feito pela Castelo Branco ou Raposo Tavares.

Entre em contato com Atelier!

Parque Estadual Ilha do Cardoso – Localizado no município de Cananéia, no extremo sul do litoral de São Paulo, possui 13 mil hectares de Mata Atlântica preservadas, áreas de campings e pousadas administradas pelos locais. Para chegar no parque, a travessia é feita de barco (podendo encontrar golfinhos), possui piscinas naturais e mangue. A trilha do Manguezal é uma das mais famosas, é suspensa e possui 650 metros. A Cachoeira Grande também faz parte do parque, com acesso por barco. A área está situada entre Iguape, Cananéia e Ilha Comprida, a 270 km de São Paulo.

Parque Estadual Caverna do Diabo – Localizado no município de Eldorado e criado em 2008, o Parque Estadual Caverna do Diabo possui cerca de 40 mil hectares, integrando o Mosaico de Universidades de Conservação de Jacupiranga. Possui restaurantes e lojas de artesanato, cachoeiras, mirantes e pontos de observação de aves. A atração principal é a caverna do Diabo, considerada a maior do Estado de São Paulo, com 680 metros abertos para visitação. Fica a 292 km de São Paulo.

Parque Estadual Ilhabela – O parque-arquipélago localizado em Ilhabela possui 27 mil hectares e acesso por meio de salsa em São Sebastião. A 210 km da capital paulista, possui um centro de visitantes instalado em um prédio histórico, 12 ilhas, 3 ilhotes, 3 lajes e 1 parcel. Abriga Mata Atlântica, restinga, manguezais e seu ecossistema possui animais em risco de extinção, como o rato cururuá por exemplo.

A Trilha do Bonete é a mais famosa, com 24 km, passando por cachoeiras e com saída para um mirante. O turismo é de base comunitária (guia local). A cachoeira mais famosa do Parque Estadual Ilhabela é a Cachoeira do Veloso, com uma queda de mais de 30 metros de altura.

Parque Estadual Intervales –  Possuindo mais de 40 mil hectares de verde, o Parque Estadual Intervales atrai muitos observadores de pássaros. Com piscina, campo de futebol, quiosque para piquenique e restaurante, existe a opção de hospedagem dentro do parque. São três circuitos principais feitos sempre por um guia ambiental. Os passeios mais atrativos são o castelo de pedra, capela a céu aberto e um lago construído na década de 50. Possui cachoeiras, trilhas, grutas e sua sede é em Ribeirão Grande, 270 km de São Paulo.

Parque Estadual Petar – Criado em 1958, o Parque Estadual Petar possui 35 mil hectares e 4 núcleos de visitação: Caboclos, Casa de Pedra, Ouro Grosso e Santana.

Em santana fica o centro de visitantes. O parque abriga cerca de 400 cavernas e grande parte estão abertas a visitação. Lá é possível tomar banho de cachoeira e praticar rapel. A Caverna Santana, com 2 km de extensão é um dos atrativos. É situado entre os municípios de Apiaí e Iporanga, a 320 km de São Paulo.

Siga nossa página!