O Estado de S. Paulo recomenda disco lançado pelo Selo Sesc

Um ano após a morte do maestro Gilberto Mendes, o Selo Sesc está lançando o primeiro registro do Festival Música Nova, criado pelo músico em 1962. Responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc, a Atelier emplacou meia página no jornal O Estado de S. Paulo o lançamento do CD “Festival Música Nova”.

Para a publicação, o disco duplo agrega peças ousadas de Mendes e outros compositores, amigos do maestro. “O CD reúne composições interpretadas pelo ensemble Música Nova na edição de 2014 do festival, em Ribeirão Preto, gravadas posteriormente sob regência do maestro norte-americano Jack Fortner”, informa o jornalista Antonio Gonçalves Filho.

O evento de lançamento do trabalho, que será no dia 20 de janeiro no Sesc Santos, também foi divulgado pela Atelier e veiculado no Estadão. Segundo o jornal, é uma oportunidade de aproveitar as férias e conhecer as composições de íntimos colaboradores de Gilberto Mendes no festival que ele criou há 55 anos.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira a matéria completa abaixo:

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 01.01.2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *