Atelier participa da 2ª Jornada Digital da Abracom

A Atelier de Imagem e Comunicação participou nessa última terça, 07 de março, da 2ª Jornada Digital organizada pela Abracom – Associação Brasileira das Agências de Comunicação. A palestra aconteceu na sede do LinkedIn, em São Paulo, e teve como objetivo apresentar as ferramentas disponíveis para melhorar o perfil digital dos clientes das agências de comunicação neste canal. Com apresentação de Laís Orrico, Head de Agências no LinkedIn, e de Guilherme Odri, jornalista na área de produção de conteúdo, conhecemos um pouco mais sobre esta mídia social focada no ambiente profissional.

O LinkedIn possui hoje mais de 467 milhões de usuários e o Brasil é o pais com maior engajamento. Este número não tem nenhuma relação com a crise e, sim, com a relevância da plataforma pois as pessoas utilizam seu tempo consumindo mais conteúdo do que buscando emprego nesta rede. E esta é a maior aposta do canal: a criação de conteúdo na plataforma.
Para se ter uma ideia, todas as semanas são publicados 13 mil artigos e acontecem cerca de 9 milhões de leituras nesse período. Além disso, 85% dos temas tratados são relevantes e falam sobre carreira e marcado editorial. O que se percebe é que os usuários querem encontrar inspiração e compartilhar ideias e, por isso, é necessário e importante criar uma conversa com eles.

Durante o evento, Odri falou que mais importante que o currículo é a pessoa criar uma marca pessoal no LinkedIn. Ou seja, ela tem que expor e criar conteúdos sobre suas experiências para criar uma afinidade e mostrar que ela gosta e sabe falar sobre um determinado assunto. Só é necessário entender para quem falar.

O LinkedIn é uma rede de infinidade de conteúdo e participar dessa palestra foi mais uma capacitação dos profissionais da Atelier, que no dia a dia lidam com as mais modernas formas de comunicação.

20170307_104614

IMG_20170307_101252028 (1)

IMG_20170307_103706364

IMG_20170307_120920_513

Atelier de Ideias traz como tema o Branded Content

O Atelier de Ideias é um projeto da Atelier de Imagem e Comunicação que tem como objetivo trazer novas vivências e mostrar o que há de novo na área de comunicação, no Brasil e no mundo. O primeiro encontro deste ano contou com a presença de Thiago Araújo, Head de Planejamento Digital e Performance do Estúdio ABC.

 

O Estúdio ABC é um estúdio criativo que desenvolve branded content para os parceiros anunciantes da Abril como Coca-Cola, Friboi, HBO, Netflix, PayPal, Unilever, entre outros. Através de levantamentos realizados, em maio de 2016, a Abril contava com 75,5 milhões de seguidores nas redes sociais, além de 34,9 milhões de visitantes nos sites Abril em julho de 2016.

 

Segundo Thiago, a partir de um briefing ou campanha, fornecido pelo cliente ou agência, o Estúdio ABC rastreia conteúdos, formatos e comunidades mais adequados para o desenvolvimento das ações dentro e fora da Abril. Ele destaca que o processo de apuração utiliza técnicas jornalísticas para descobrir conteúdos e trabalham com pautas previamente discutidas ou identificadas por meio de monitoramento de tendências de busca e tráfego.

 

Com uma equipe formada por profissionais de comunicação (jornalistas, relações públicas, publicitários e designers), o Estúdio ABC trabalha com o cliente na produção de conteúdo premium customizado, definindo os objetivos e distribuindo este conteúdo a uma audiência qualificada. Seus especialistas medem e otimizam a performance do conteúdo.

Thiago-Araujo2_atelier_de_ideias

Thiago-Araujo_atelier_de_ideias

Investimento da EMBRAPII ganha destaque na Coluna Mercado Aberto

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) teve destaque hoje na Coluna Mercado Aberto, da Folha de S. Paulo. A nota fala sobre as expectativas da #EMBRAPII para 2017, além de dados sobre projetos contratados e que segmentos poderão ser promissores nos próximos anos. A Atelier é responsável pela assessoria de comunicação da EMBRAPII.

Segundo o diretor-presidente, Jorge Guimarães, os projetos de inovação neste ano deverão receber R$ 160 milhões neste ano, ou seja, 8,9% a mais que em 2016. A entidade também pretende ampliar sua estrutura. “Uma das prioridades dos novos projetos neste ano será a indústria química, que está sub-representada no programa”, afirmou Guimarães. No último ano, a indústria eletroeletrônica foi a que mais recebeu aportes. Os investimentos são divididos entre empresas (45%), Embrapii (32%) e Centros de Pesquisas (23%).

A EMBRAPII foi criada em 2013 com o objetivo de se tornar um meio entre o setor produtivo e os centros de conhecimento e diminuir o risco das empresas dispostas a investir em inovação. Primeiro, são feitas Chamadas Públicas de qualificação para universidades e centros de pesquisa, públicos ou privados. Os candidatos aprovados tornam-se Unidades da EMBRAPII.

 

Mercado_Aberto_03_02_17

Banda Mantiqueira lança disco pelo Selo Sesc e está na capa do Estadão

O jornal O Estado de S. Paulo, um dos maiores veículos do país, destacou em sua capa principal e no Caderno 2, especializado em cultura, o novo projeto da big band Banda Mantiqueira, que está lançando pelo Selo Sesc o CD “Com Alma”.

Julio Maria, jornalista do Estadão, entrevistou o líder da Banda Mantiqueira, Nailor Proveta, que contou detalhes de como o grupo nasceu. Além disso, Maria falou e recomendou o álbum lançado pelo Selo Sesc. “Com Alma, em português, é o nome do disco. Con Alma, em espanhol, o da faixa de Dizzy Gillespie, que os músicos escolheram para batizar o álbum lançado agora pelo Selo Sesc. Breve, com sete faixas, trata-se de um trabalho de homenagens, uma forma de lembrar os 25 anos de estrada”, afirmou o jornalista.

O Selo Sesc tem como objetivo registrar o que de melhor é produzido na área cultural. Constrói um acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Por exemplo, lançou em 2016 os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico” (de João Donato), “Rei Vadio” (Romulo Fróes) e “Portrait” (Maury Buchala), “Lambendo a Colher” (Rolando Boldrin), “Ascensão” (Serena Assumpção), “A Saga da Travessia” (Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz), “Novos Mares” (Fortuna) e “Curado” (sexteto Hurtmold e Paulo Santos) – além dos DVDs ”O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”.

A Atelier de Imagem e Comunicação, responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc, também divulgou o lançamento do disco “Com Alma” na revista Veja.

Confira:

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 31.01.2017 - Capa

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 31.01.2017 - Pagina C1

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 31.01.2017 - Pagina C3

Selo Sesc está na revista Veja pela segunda vez em um mês

Após divulgar na Veja o novo trabalho de Arthur Verocai, a Atelier de Imagem e Comunicação conseguiu colocar pela segunda vez em janeiro um lançamento do Selo Sesc nas páginas da revista. O álbum da vez foi “Com Alma”, da Banda Mantiqueira.

Para a publicação, liderada pelo saxofonista e clarinetista Nailor Proveta, a Mantiqueira é a melhor big band do Brasil. “Atributos não lhe faltam: ela é repleta de virtuoses em sua formação e o repertório de seus discos e concertos costuma ser impecável”, afirma a Veja.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira:

Selo Sesc - Veja - 01.02.2017

Acordos da EMBRAPII ganham repercussão na imprensa de Minas Gerais

Com o objetivo de fomentar a inovação no Brasil, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) fechou acordos com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e com a Unitec, por meio da Unidade EMBRAPII Inatel, e ganhou uma página inteira no jornal Diário do Comércio de MG, além da Rádio CBN, que fez a cobertura do evento. A Atelier é responsável pela assessoria de comunicação da EMBRAPII.

Segundo o jornal Diário do Comércio, a cooperação vai permitir que um número maior de empresas mineiras sejam apoiadas e financiadas por meio de uma das Unidades da EMBRAPII e ainda recebam crédito da BDMG em um processo muito mais ágil. “A parceria é especifica para empresas mineiras de inovação que forem selecionadas para o projeto de apoio da EMBRAPII. Esse trabalho é importante porque ainda há um grande buraco entre a produção científica e a produção tecnológica no País. A parceria com o BDMG vai facilitar a associação das empresas com os núcleos da EMBRAPII e propiciar um modelo eficiente para estimular a inovação no Estado”, afirmou Jorge Guimarães, diretor-presidente da EMBRAPII.

A EMBRAPII foi criada em 2013 com o objetivo de se tornar um meio entre o setor produtivo e os centros de conhecimento e diminuir o risco das empresas dispostas a investir em inovação. Primeiro, são feitas Chamadas Públicas de qualificação para universidades e centros de pesquisa, públicos ou privados. Os candidatos aprovados tornam-se Unidades da EMBRAPII.

Confira a matéria abaixo:

EMBRAPII - Diario do Comercio MG - 25.01.2017

Álbuns lançados pelo Selo Sesc ganham amplo espaço no jornal Folha de S. Paulo

O novo projeto da Banda Mantiqueira, Com Alma, lançado pelo Selo Sesc, ganhou destaque no Caderno Ilustrada, do jornal Folha de S. Paulo. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

 

A jornalista Amanda Nogueira destaca que a Banda Mantiqueira celebra 25 anos de carreira com o novo álbum Com Alma e uma série de shows. O projeto mescla em seu trabalho sonoridade peculiar que aproxima a música brasileira do jazz norte-americano e da música erudita europeia. Nailor “Proveta” Azevedo, um dos fundadores da banda, afirma que o grupo sentiu necessidade de ratificar no CD a história da banda. Seu repertório navega com a mesma naturalidade em composições como Segura Ele (Pixinguinha e Benedito Lacerda), Desafinado (Tom Jobim e Newton Mendonça), Stanats (Moacir Santos) e De Frente Pro Crime (João Bosco e Aldir Blanc). 

 

Já o crítico Sidney Molina classifica o álbum Portrait, do compositor Maury Buchala, também lançado pelo Selo Sesc, como ótimo. Sidney destaca que o disco foi gravado em Paris e traz quatro faixas altamente elaboradas, de escrita artesanal impecável e sonoridade reluzente: “Eindrücke (violoncelo), “Tre Espressioni (trio de cordas), “Partita” (piano, trio de cordas e flautim, que alterna com flauta baixo) e “Concerto (violino solo e grupo instrumental).

 

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

 

Confira as matérias abaixo:

Selo Sesc - Folha de S. Paulo - 19.01.2017

Lançamento de Arthur Verocai, pelo Selo Sesc, ganha destaque na revista VEJA

Lançado em dezembro pelo Selo Sesc, o projeto No Voo do Urubu, do Maestro Arthur Verocai, ganhou destaque na revista VEJA desta semana, 18 de janeiro. A Atelier de Imagem e Comunicação é responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc.

Segundo a revista VEJA, o disco de estreia de Arthur Verocai foi lançado em 1972 e quase ignorado. Foi redescoberto apenas três décadas depois por rappers americanos que samplearam trechos de suas composições. Seu sucesso tardio culminou com elogiadas apresentações nos Estados Unidos. No Voo do Urubu tem o mesmo sentimento do trabalho de 1972, com uma orquestração primorosa e participações especiais de Seu Jorge, Danilo Caymmi, Lu Oliveira, Vinícius Cantuária, Mano Brown e do rapper Criolo, além de ser o primeiro álbum de estúdio nos últimos oito anos.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira a matéria abaixo:

VEJA

Secretário da Educação tem artigo publicado na Folha

O secretário da Educação do Estado de São Paulo, José Renato Nalini, tem artigo publicado na Folha de S. Paulo, maior jornal do Brasil, neste 5 de janeiro, em trabalho da equipe da Atelier na Secretaria.

A agência atua na Assessoria de Comunicação e Imprensa da Pasta, a maior do Governo do Estado.

O secretário Nalini aborda em seu texto a importância de participação da sociedade para que o Brasil supere os tempos difíceis atuais. “Convívio ressentido, fissurado e vulnerável, sequioso por regeneração dos tecidos fragmentados, cuja recuperação pode começar em nossa casa. É o que se espera daqueles cuja consciência impõe reação consistente a um estado de coisas que não pode perdurar”, escreve o secretário, doutor em direito constitucional pela USP e ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Clique aqui e confira o artigo.

Educacao_Folha de S. Paulo_05.01.2017

O Estado de S. Paulo recomenda disco lançado pelo Selo Sesc

Um ano após a morte do maestro Gilberto Mendes, o Selo Sesc está lançando o primeiro registro do Festival Música Nova, criado pelo músico em 1962. Responsável pela assessoria de imprensa do Selo Sesc, a Atelier emplacou meia página no jornal O Estado de S. Paulo o lançamento do CD “Festival Música Nova”.

Para a publicação, o disco duplo agrega peças ousadas de Mendes e outros compositores, amigos do maestro. “O CD reúne composições interpretadas pelo ensemble Música Nova na edição de 2014 do festival, em Ribeirão Preto, gravadas posteriormente sob regência do maestro norte-americano Jack Fortner”, informa o jornalista Antonio Gonçalves Filho.

O evento de lançamento do trabalho, que será no dia 20 de janeiro no Sesc Santos, também foi divulgado pela Atelier e veiculado no Estadão. Segundo o jornal, é uma oportunidade de aproveitar as férias e conhecer as composições de íntimos colaboradores de Gilberto Mendes no festival que ele criou há 55 anos.

Em atividade há 12 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Este ano, já lançou os CDs “MPB4 – 50 anos – O Sonho, a Vida, a Roda Viva!”, “Donato Elétrico”, de João Donato e “Rei Vadio”, além dos DVDs “O Fim do Mundo, Enfim” e “O Sal da Terra – Uma Viagem com Sebastião Salgado”. Todos divulgados pela Atelier de Imagem e Comunicação.

Confira a matéria completa abaixo:

Selo Sesc - O Estado de S. Paulo - 01.01.2016